Pleurotus djamor

Informações gerais

  • Origem

    Regiões tropicais

  • Linhagem

    FCDJ1

  • Substrato

    composto

  • Clima

    quente

Conhecido como Ostra Rosa, Shimeji Rosa ou Cogumelo Salmão, o Pleurotus djamor (bem como todos os Pleurotus) são os cogumelos mais fáceis e baratos de cultivar. Espécie para clima quente, esse cogumelo se alimenta de uma grande variedade de substratos diferentes, como palhas, bagaços e resíduos agrícolas diversos, bem como serragem suplementada. Uma espécie ótima para iniciantes.

Sobre

Cogumelos do gênero Pleurotus são os cogumelos mais fáceis e baratos de cultivar. Ocorrem naturalmente em florestas tropicais do mundo todo, utilizando troncos mortos de árvores como substrato, sendo frequentemente encontrado nas matas do Brasil, Tailândia, Singapura, Viatnam, Sri lanka, Malásia, Nova Guiné, México, etc. Poucos cogumelos comestíveis demonstram tanta capacidade de adaptação, agressividade do micélio e produtividade quanto o Pleurotus djamor. Por ser um cogumelo bastante versátil em relação ao substrato, e por tolerarem temperaturas mais elevadas, essa espécie pode ser utilizada em programas sociais de redução da fome em locais pobres, e também para aumentar a renda de moradores de áreas rurais, já que pode ser cultivado em uma variedade enorme de substratos (normalmente resíduos agrícolas). Possuem muitas vitaminas e minerais, como vitamina C, vitamina B, ácido fólico, potássio, além de diversos compostos com propriedades medicinais como por exemplo a lovastatina (reduz o colesterol do sangue).

Método de cultivo

O Pleurotus djamor é normalmente cultivado comercialmente em composto fermentado a base de bagaço e palha (substrato pasteurizado) ou em serragem suplementada (substrato esterilizado), mas também pode ser cultivado em diversos resíduos agrícolas, como bagaço de cana-de-açúcar, feno, palha de trigo, palha de arroz, folha de bananeira, sabugo de milho triturado, resíduos da produção do café e do chá, papel, papelão etc. Conhecido por sua rápida velocidade de colonização e frutificação (em alguns casos 12 dias após a inoculação do substrato), o micélio de Pleurotus djamor tem um ciclo rápido. Por isso, além da “semente” desse cogumelo perder a viabilidade em poucas semanas, o tempo de prateleira desse cogumelo costuma ser menor que as outras espécies de Pleurotus. Outra característica interessante é que o micélio dessa espécie apresenta coloração rosada, fenômeno que pode ser observado tanto nas placas de Petri, quanto na “semente” (spawn) ou blocos colonizados. A colocação rosada pode variar conforme a cepa, tipo de substrato, temperatura e incidência de luz, e ao cozinha-los a coloração rosada normalmente é perdida.
Após a produção dos cogumelos, o composto velho pode ser utilizado como suplemento alimentar para porcos e galinhas, além de poder ser compostado em minhocário e gerar um substrato rico em nutrientes para hortas e pomares, contendo também uma poderosa substância anti nematoide natural.

Parâmetros de cultivo

Colonização

  • Temperatura

    24-30 graus

  • Umidade relativa

    95-100 %

  • Duração

    7 a 10 dias

  • Co2

    >5000 ppm

  • Trocas de ar

  • Iluminação

    Não

Indução da frutificação

  • Temperatura

    18-25 graus

  • Umidade relativa

    95-100 %

  • Duração

    2 a 5 dias

  • Co2

    500-1000 ppm

  • Trocas de ar

  • Iluminação

    750-1500 lux

Desenvolvimento dos cogumelos

  • Temperatura

    20-30 graus

  • Umidade relativa

    85-90 %

  • Duração

    3 a 5 dias

  • Co2

    500-1500 ppm

  • Trocas de ar

  • Iluminação

    750-1500 lux

Quer cultivar?

Compra da cultura

  • Data

    de 20-05 a 20-06

  • Pagamento

    Até 3x no crédito

  • Valor

    R$35

Esta espécie está a venda na forma de cultura líquida (pronta entrega) ou cultura pura (sob encomenda).

Antes de comprar, recomendamos que você consulte a página informativa da espécie para saber mais sobre os parâmetros de cultivo e os usos.

Comprar