PLEUROTUS ERYNGII

PARÂMETROS DE CULTIVO 

Colonização

Temperatura: 24ºC

Umidade relativa: 90-95%

Duração: 12 a 16 dias

CO²: 5000-20000ppm

Trocas de ar: 1 por hora

Iluminação: não

Indução da frutificação

Temperatura: 10-15ºC

Umidade relativa: 95-100%

Duração: 4 - 5 dias

CO²: 500-1000ppm

Trocas de ar: 4-8 por hora

Iluminação: 500-1000 lux 

Desenvolvimento dos cogumelos

Temperatura: 15-21ºC

Umidade relativa: 85-90%

Duração: 4 a 8 dias

CO²: <2000ppm

Trocas de ar: 4-5 por hora

Iluminação: 500-1000 lux 

Pleurotus eryngii, conhecido no Brasil como shimeji rei, é considerado por muitos o cogumelo do gênero Pleurotus com o melhor sabor. No Brasil é mais produzido no sul por causa das condições climáticas, e é um cogumelo muito apreciado na Europa. Ele ocorre naturalmente no sul da Europa, África do Norte, Ásia e no sul da Rússia, crescendo em troncos e raízes enterradas de árvores. Possui um tamanho grande quando comparado com outras espécies desse gênero e suporta o transporte a longas distâncias, pois tem um tempo de prateleira elevado. Esses cogumelos são bastante visados por coletores de cogumelos selvagens, pois tem um grande mercado na Europa, onde são vendidos. 

Cogumelos do gênero Pleurotus, vulgarmente conhecidos como shimeji, são de longe os cogumelos mais fáceis e baratos de cultivar. Para pequenos produtores com orçamento limitado, cogumelos Pleurotus são excelentes escolhas. Poucos cogumelos comestíveis demonstram tanta capacidade de adaptação, agressividade do micélio, e produtividade quanto os Pleurotus. São decompositores de madeira e crescem em uma enorme variedade de substratos, desde serragem até resíduos agrícolas. Podem ser cultivados em serragem, lascas de madeira, papel, papelão, palhas, feno, sabugo de milho, bagaço de cana, resíduos de café, folhagem de bananeira e diversos outros materiais. Os cogumelos do gênero Pleurotus podem ser facilmente usados em programas sociais de redução da fome em locais pobres e para aumentar a renda de moradores de áreas rurais. Os cogumelos Pleurotus possuem muitas vitaminas, como vitamina C, vitamina B, ácido fólico, potássio, além de diversos compostos com propriedades medicinais como lovastatina (reduz o colesterol do sangue). Após a produção dos cogumelos, o composto velho pode ser utilizado como suplemento alimentar para porcos e galinhas, além de poder ser decomposto em minhocário e gerar um substrato rico em nutrientes para hortas e pomares, contendo também uma poderosa substância anti nematoide natural.

Método de cultivo: Apesar de conseguir frutificar em substratos compostos de palha, essa espécie produz melhor em serragem. Para usar a palha como substrato é necessário adicionar um pouco de serragem para que os cogumelos se desenvolvam com maior vigor. Se o substrato tiver quantidades suficientes de nutrientes os cogumelos ficam enormes. 

Sabor, preparo e cozimento: Essa espécie de possui um sabor muito superior em comparação com os  outros cogumelos do mesmo gênero, sendo considerada por muitos o  melhor cogumelo do gênero Pleurotus. Normalmente é preparado refogado com temperos, porém seu sabor combina com receitas com peixe e carne de porco.