Introdução ao cultivo

Aprenda a cultivar cogumelos usando o nosso guia de cultivo! Seguindo as nossas dicas você conseguirá cultivar seus próprios cogumelos de maneira fácil. Para um melhor entendimento dividimos o cultivo de cogumelos em tópicos. Para aprender mais sobre cultivo de cogumelos fique atento às datas dos cursos disponibilizados pelo site. Bom aprendizado!

fungicultura cultivo de cogumelos curso

Como cultivar cogumelos?

Os processos que envolvem o cultivo do cogumelo são desconhecidos para a maioria das pessoas. Cultivar cogumelos é muito diferente de cultivar plantas em um jardim, os processos são totalmente diferentes. Aprender a cultivar cogumelos pode parecer um pouco complicado para quem está começando. É preciso ler bastante sobre o assunto, fazer cursos, pesquisar muito na internet e infelizmente existe pouco material em português. Existem muitas técnicas para aprender e diversos equipamentos para comprar, o que pode tornar um pouco difícil escolher por onde começar. Apesar disso ser totalmente verdadeiro, ainda assim uma pessoa inexperiente pode se aventurar no cultivo de cogumelos sem investir muito em equipamento ou cursos caros. Para fazer os cogumelos nascerem o cultivador não necessariamente precisa dominar todas as técnicas avançadas de produção.

Uma das partes mais complicadas do cultivo é aprender a fabricar sua própria “semente”. “Semente” (ou “spawn”, em inglês) é um termo usado no Brasil pelos fungicultores para chamar o inóculo feito em grãos ou serragem, que consiste em grãos de cereais ou serragem “mofadas” com o fungo que você deseja cultivar. É a “semente” que você irá usar para “semear” o seu substrato. Você precisará de uma panela de pressão ou de uma autoclave, de um fornecedor de grãos, de panelas para preparar o grão, culturas do cogumelo e um ambiente estéril para transferir sua cultura para os grãos esterilizados. É um trabalho que compensa, porém não é uma tarefa fácil. Você pode pular toda essa etapa de fabricação comprando a sua própria “semente” aqui no nosso site. Nós enviaremos uma “semente” pronta para o uso, você só precisará inocular o seu substrato usando alguma das diversas técnicas existentes (ensinaremos algumas aqui no site), aguardar a colonização e colher os cogumelos. Existem diversas formas de cultivar cogumelos, muitas técnicas são usadas no mundo todo, mas todas elas basicamente consistem em:

1

Cultivar o fungo escolhido em uma placa de petri com meio de cultura

Essa etapa envolve a introdução de esporos, pedaço de cultura ou amostra de um cogumelo em uma espécie de gelatina nutritiva. Essa parte precisa ser feita em um ambiente totalmente limpo, livre de contaminações ("glovebox", fluxo laminar, etc) para que esporos de bactérias e fungos não caiam na placa de petri, competindo com a cultura que você introduziu ali, inviabilizando a mesma.

Placa de petri com meio de cultura colonizada com o micélio

2

Transferir um pedaço do micélio saudável para grãos esterilizados

Novamente, essa etapa precisa ser feita em um ambiente limpo, livre de contaminações. Basta cortar um pedaço da gelatina nutritiva contendo o seu fungo e transferir o pedaço para um frasco contendo grãos esterilizados. Também é possível usar uma seringa de cultura líquida, que nada mais é do que um líquido contendo micélio, bastando injetar cerca de 1ml por frasco. O fungo vai colonizar todos os grãos depois de um tempo e tomar conta de todo o frasco.

Placa de petri com meio de cultura colonizada com o micélio

3

Expandir o micélio em grãos exponencialmente para fabricar a "semente" (spawn)

Pedaços de grãos colonizados podem ser utilizados para inocular diversos outros frascos contendo grãos estéreis, aumentando exponencialmente o volume de "semente". Um frasco com grãos colonizados pode inocular outros 10 ou mais frascos com grãos estéreis. ​Um fato incrível do cultivo de cogumelos é a habilidade do fungo crescer exponencialmente sua massa, atingindo milhares de vezes a massa original. Por exemplo, um pedaço de meio de cultura do tamanho de uma moeda de 5 centavos pode colonizar um pote de 1 litro cheio de grãos esterilizados. Um pode com 1 litro de grãos colonizados pode ser usado pra colonizar mais de 10 potes ou sacos contendo grãos esterilizados. Esses 10 podem ser usados para colonizar outros 100, que podem ser usados para colonizar mil potes ou sacos! É disso que se trata o cultivo de cogumelos, esse é o "segredo": Aumentar exponencialmente a biomassa do fungo através de diversas técnicas a fim de se chegar no resultado final, o cogumelo.

4

Inoculação do grão no substrato final 

Uma vez que você consiga uma quantidade suficiente de grãos colonizados, chamados de "semente" aqui no Brasil pelos cultivadores, ou "spawn" em inglês, os grãos podem ser utilizados para inocular o substrato final, onde os cogumelos irão se desenvolver. O tipo do substrato depende da espécie de cogumelo que você irá cultivar. A maioria dos substratos são feitos de palhas, serragens e resíduos agrícolas, suplementados com farelos. Dependendo do tipo de substrato ele deve ser pasteurizado ou esterilizado antes de poder receber a "semente". 

5

Incubação

Uma vez que o substrato é inoculado, começa a fase de colonização, onde o fungo vai crescer e tomar conta de todo o substrato a procura de nutrientes. Quando o micélio coloniza todo o substrato ele estará pronto para produzir os cogumelos.

6

Indução e frutificação

Para que os cogumelos comecem a surgir é preciso alterar alguns parâmetros no cultivo, colocando os blocos de substrato colonizado no ambiente de frutificação. Esse ambiente deve favorecer o crescimento dos cogumelos, sendo a temperatura, umidade, luz e concentração de gás carbônico fatores fundamentais a serem controlados, e tais parâmetros variam de acordo com a espécie cultivada. Por exemplo, a temperatura de colonização de algumas espécies de cogumelos é de 25'C. Uma vez colonizado, o substrato é colocado no ambiente de frutificação adequado para tal espécie, e a temperatura para essa espécie é, por exemplo, 20'C. Essa mudança de temperatura é fundamental em algumas espécies, sem ela o substrato não produzirá os cogumelos. 

7

Desenvolvimento e colheita dos cogumelos

Após expor o substrato colonizado no ambiente de frutificação, inúmeros primórdios (início da formação dos cogumelos) começarão a se desenvolver, drenando água e nutrientes do substrato rapidamente e transformando-os em cogumelos totalmente desenvolvidos depois de alguns dias. Após o desenvolvimento os cogumelos podem ser colhidos e, dependendo da espécie de cogumelo, o substrato pode ser irrigado e novos cogumelos surgirão dentro de poucos dias. Algumas espécies permitem dois ou três fluxos de colheita por bloco de substrato colonizado.