AGARICUS BITORQUIS (CHAMPIGNON)

PARÂMETROS DE CULTIVO 

Colonização

Temperatura: 28-30ºC

Umidade relativa: 95-100%

Duração: 14 dias

CO²: 5000-10000ppm

Trocas de ar: 0

Iluminação: não

Indução da frutificação

Temperatura: 23-25ºC

Umidade relativa: 90-100%

Duração: 10 a 12 dias

CO²: 5000-10000ppm

Trocas de ar: 0

Iluminação: 400-800 lux 

Desenvolvimento dos cogumelos

Temperatura: 23-25ºC

Umidade relativa: 85-90%

Duração: 3 a 7 dias

CO²: 1000-2000ppm

Trocas de ar: 2-4 por hora

Iluminação: 400-800 lux 

O champignon é atualmente o cogumelo mais produzido no Brasil, correspondendo a mais de 60% da produção de cogumelos frescos no país.  Rico em proteínas, cálcio, ferro, cobre, zinco, vitamina C e 18 aminoácidos, o Agaricus bitorquis cresce em composto a base de capins, bagaço de cana, palha de arroz, trigo, soja e milho. O champignon in natura é muito mais sadio que os cogumelos em conserva, pois não levam nenhum agente de branqueamento (bissulfito de sódio) e nem conservantes, mantendo seu sabor original.

O Agaricus bitorquis é resistente a vírus, tolera altas concentrações de CO²e prefere temperaturas mais quentes, diferente do Agaricus bisporus.

Método de cultivo: Palha enriquecida com nitrogênio e/ou composto a base de esterco de cavalo com umidade em torno de 71 a 74%. O composto deve ter 15 a 30cm de altura, e uma camada "casing" deve ser aplicada no composto. 

Sabor, preparo e cozimento: O Agaricus pode ser usado em sopas, molhos, pizzas, em cremes, saladas, assados, podem ser cozidos a vapor, salteados, etc. Alguns cozinheiros adicionam sumo de limão nos cogumelos antes de cozinharem para obter um sabor mais suave e evitar que escureçam por oxidação.