AGARICUS BITORQUIS (CHAMPIGNON)

set-of-design-elements-for-bloggers-vect

PARÂMETROS DE CULTIVO 

Colonização

Temperatura: 28-30ºC

Umidade relativa: 95-100%

Duração: 14 dias

CO²: 5000-10000ppm

Trocas de ar: 0

Iluminação: não

Indução da frutificação

Temperatura: 23-25ºC

Umidade relativa: 90-100%

Duração: 10 a 12 dias

CO²: 5000-10000ppm

Trocas de ar: 0

Iluminação: 400-800 lux 

Desenvolvimento dos cogumelos

Temperatura: 23-25ºC

Umidade relativa: 85-90%

Duração: 3 a 7 dias

CO²: 1000-2000ppm

Trocas de ar: 2-4 por hora

Iluminação: 400-800 lux 

set-of-design-elements-for-bloggers-vect

O champignon é atualmente o cogumelo mais produzido no Brasil, correspondendo a mais de 60% da produção de cogumelos frescos no país.  Rico em proteínas, cálcio, ferro, cobre, zinco, vitamina C e 18 aminoácidos, o Agaricus bitorquis cresce em composto a base de capins, bagaço de cana, palha de arroz, trigo, soja e milho. O champignon in natura é muito mais sadio que os cogumelos em conserva, pois não levam nenhum agente de branqueamento (bissulfito de sódio) e nem conservantes, mantendo seu sabor original.

O Agaricus bitorquis é resistente a vírus, tolera altas concentrações de CO²e prefere temperaturas mais quentes, diferente do Agaricus bisporus.

Método de cultivo: Palha enriquecida com nitrogênio e/ou composto a base de esterco de cavalo com umidade em torno de 71 a 74%. O composto deve ter 15 a 30cm de altura, e uma camada "casing" deve ser aplicada no composto. 

Sabor, preparo e cozimento: O Agaricus pode ser usado em sopas, molhos, pizzas, em cremes, saladas, assados, podem ser cozidos a vapor, salteados, etc. Alguns cozinheiros adicionam sumo de limão nos cogumelos antes de cozinharem para obter um sabor mais suave e evitar que escureçam por oxidação.

Agaricus bitorquis
Agaricus bitorquis

Agaricus bitorquis
Agaricus bitorquis

Agaricus bitorquis
Agaricus bitorquis

Agaricus bitorquis em placa de petri com meio de cultivo corado para melhor visualização

Agaricus bitorquis
Agaricus bitorquis

1/5